A lã mais atual do que nunca

A primeira postagem aqui do blog é sobre fibra, a de lã de ovelha, natural e sustentável e a feminina, forte e inabalável. Ambas reivindicam seu lugar na moda responsável, como protagonistas de um novo tempo em que a preocupação com o jeito de fazer e consumir moda é uma realidade que (graça a Deus!) cresce a cada dia.

Neste momento, quando o mundo inteiro fala em slow fashion e começa a bater na tecla “respeito ao tempo de construção de cada peça”, surge na pontinha do Brasil, em Uruguaiana, fronteira oeste do Rio Grande do Sul, a Naturalãna, uma marca que traz a lã como matéria-prima principal.

A Ruth da Costa e eu, na entrevista

A Naturalãna, natural + lã ou lã natural, traz no nome a essência fronteiriça e a força de um novo tempo, pois nasceu na pandemia, um momento difícil, mas também de reinvenção, de adaptação e de olhar para o outro como nunca olhamos antes: olhar de verdade. E foi exatamente com esse olhar que a artesã e empreendedora Ruth Campos da Costa aproveitou a lã, fibra natural, biodegradável e abundante na fronteira gaúcha, para criar peças que aquecem os corpos no frio tão rigoroso do sul, com temperaturas que chegam a menos zero grau celsius. Conversei com ela, que me contou muitas curiosidades e características da lã de ovelha e sobre a iniciativa de fazer produtos incríveis a partir da fibra.

Ruth, uma artesã com a alma campeira

De tradicional família ovelheira e de alma campeira, a artesã aprendeu cedo sobre lã, ao casar com o ovinocultor Ronaldo da Costa, isso há 35 anos. Ruth contou que com o tempo aprendeu sobre a lã e perceber a diferença entre elas: “Eram todas iguais até o dia que abriram um velo e escutei a explicação sobre suas características, qualidade e finura. Foi aí que descobri o que buscavam”.

A observação é alma do negócio. E foi observando a fibra, natural, térmica e insubstituível, que a Ruth notou seu potencial e em 2019 decidiu que aprenderia a trabalhar com a lã e começou a fazer cursos para adquirir mais conhecimento sobre a matéria-prima que tinha à disposição.  Então aprendeu a transformar a lã em fio, a tecer, a tingir, entrelaçar os fios e sentir a emoção de ver as peças tecidas e criadas por ela. Assim, em 2020, nasceu a Naturalãna.

100% Natural

A lã de alta qualidade produzida na região fronteira oeste valoriza ainda mais as peças que, além de ficarem lindas, são de alta durabilidade, resistentes, confortáveis, térmicas e sustentáveis, contribuindo com o meio ambiente, por serem feitas de fibra 100% natural. Outra característica desta fibra maravilha é a de manter a temperatura corporal ideal de maneira constante.

Entre os produtos produzidos pela Naturalãna se destacam as mantas, fios, golas, cachecol e peças para decoração. As peças são feitas por encomenda através do instragram @naturalana.rc, e estão sendo bastante valorizadas, com muita procura.  

Ovelhas felizes = melhores lãs

“Ovelhas felizes produzem a melhor lã”, esta é a resposta para a pergunta sobre qual o segredo para produzir a melhor lã. Por isso não é exagero nenhum afirmar que o rebanho tem que ser amado. “É preciso ter a alma campeira e amar as ovelhas” resumiu a ovelheira.

Produzir a boa lã, a de qualidade, começa no cuidado que o produtor tem que ter com as ovelhas antes mesmo do cordeiro nascer. Após, uma esquila bem feita é fundamental. Depois segue o processo, na seguinte ordem:

1 – Lavar – A lã precisa ser lavada para a retirada das impurezas e gorduras.

2 – Cardar –  Para cardar a lã, coloca-se as fibras todas em um mesmo sentido, emprega-se o uso de duas escovas com fios de aço denominadas “cardas”. O movimento das cardas em sentidos opostos penteia a lã e elimina os nós.

3 – Fios – Se faz com a torção da lã em rocas ou fusos para dar forma e resistência. Se optarem por tingir, pode ser usado corantes tradicionais ou  pode-se usar matérias-primas naturais de origem vegetal, como casca de árvores, frutas e carqueja, entre outras.

4 – Feltragem molhada –  É uma técnica muito antiga, feita com a lã pura,  a feltragem ocorre com água, sabão e fricção. O resultado é uma espécie de tecido que pode ser moldado. Com esta técnicas são feitas diversas peças, como roupas, sapatos, almofadas, chapéu, boina, etc..

5 – Feltragem com agulha – Nesta técnica o processo de feltragem ocorre através do entrelaçar das fibras de lã com o auxílio de uma agulha especial para feltragem, que empurra as fibras para dentro da peça que está sendo trabalhada. Dessa forma a lã vai se feltrando e fixando entre si, moldando a peça. O processo é bastante repetitivo e minucioso. 

Depois dos processos é o momento de criar uma peça usando feltragem ou o fio, que pode ser feito em teares, tricô, crochê ou outra das várias técnicas, pois a lã se adapta em todas.

A Naturalãna integra o projeto “Juntos para Competir”, da Farsul, Senar e Sebrae, que vem auxiliando o desenvolvimento através de cursos técnicos,  gestão e marketing.

Por Giovana Petrocele

11 comentários

  1. GENCIANE CERETTA DE QUADROS MOLINA disse:

    Bom saber que volta a ser cultuada esta arte .. Parabéns Giovana pela matéria e a Ruth pela iniciativa ..

    Curtir

  2. lauradelgadoberro disse:

    Matéria maravilhosa!!!
    Que valoriza tudo de bom que Uruguaiana possui.
    Parabéns e muito sucesso Giovana.

    Curtir

  3. Frederico Lago disse:

    Parabéns a empreendedora, belíssimo trabalho

    Curtir

  4. Valesca Teresinha da Rosa Corrêa disse:

    👏🏼👏🏼👏🏼 Parabéns, sucesso! Para nós que produzimos lã isso é muito importante, pois trás a valorização do nosso produto.

    Curtir

  5. Fafa sastre disse:

    Parabéns pela iniciativa!
    Trabalho maravilhoso!

    Curtir

  6. Luiza Teresinha Argemi Altermann disse:

    Parabéns Ruth pelo belíssimo trabalho ,feliz pelo resgate dessa maravilhosa arte,que nos remete às lembranças da nossa cultura fronteiriça .

    Curtir

  7. Miriam Cruzferraz disse:

    Como posso comprar lã? Como vocês fornecem?

    Curtir

  8. Miriam Cruzferraz disse:

    Como posso comprar a lã?

    Curtir

  9. Ruth disse:

    Obrigada!😃

    Curtir

  10. Ruth disse:

    ObrigadaFerd!💓

    Curtir

  11. Ruth disse:

    Obrigada!💓

    Curtir

Os comentários estão encerrados.